Trabalhe em torno de seu abismo

Há, no seu eu, um buraco profundo, como um precipício.
Você jamais conseguirá preencher esse abismo, porque suas demandas são inesgotáveis.
Você terá que trabalhar em torno dele de modo que, aos poucos, ele se feche.
Uma vez que o buraco é tão grande e sua angústia tão profunda, estará sempre tentado a fugir dele.
Há dois extremos que devem ser evitados:
Estar totalmente absorvido pela sua dor e, permitir que muitas outras coisas o distraiam e o afastem da ferida que quer cicatrizar.

Henri J.M. Nouwen

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s