crônica, Cultura, música, momentos, poemas, Sandra Barbosa de Oliveira 2, teatro do absurdo

O Palhaço I

*

Eu sou um palhaço

da vida

Alegria criança

E riso, e riso

tristeza coração.

Eu sou um palhaço da vida

ela acha graça de mim

e sonho, e sonho

chorando sempre.

Eu sou um palhaço

da vida…

e quero morrer

um palhaço !…

Escrito em setembro/79

*


Egberto Gismonti – Palhaço

Anúncios

Um comentário sobre “O Palhaço I

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s