Por que questionar a candidatura Dilma?

Eu não entendo o porquê da indicação do nome de Dilma pelo PT, diante da falta de experiência e preparo na área político-administrativa. Se reclamam da falta de carisma do Serra, o que dizer do carisma de Dilma? E ainda… nós não estamos precisando de autoritarismo, repressão e de nenhuma forma de censura, que tanto o presidente Lula como Dilma e o poderoso Sr. José Dirceu conhecem muito bem e que parecem não ter escrúpulos quanto à sua aplicação. Ninguém precisa de um Hugo Chaves por aqui. Sofremos muito com a ditaduta militar de extrema direita no passado e ninguém quer saber de regimes autoritários. Ditadura é ditadura. Seja na China, em Cuba, no Oriente Médio, na Argentina, no Chile ou em toda a América Latina. Não estamos precisando enaltecer regimes extremistas falidos como o de Fidel, não precisamos de caricaturas políticas. Precisamos de um socialismo liberal que nos garanta as liberdades individuais e de um estadista com competência e experiência em administração pública, que mantenha uma equipe técnica também competente, para dar prosseguimento ao excelente trabalho iniciado por Fernando Henrique Cardoso, ao qual foi dado continuidade satisfatória no governo Lula e que deve seguir adiante no próximo governo para que o país cresça e se desenvolva, concentrando as atenções de forma imediata e definitiva prioritariamente às carências nos setores da saúde e da educação, assuntos que precisam ser solucionados respeitando preceitos de excelência , não para garantir demonstrações estatísticas infames (pelos infames “IBOPES”), mas para garantir urgentes demonstrações dos índices internacionais da ONU. Dilma NÃO!

Anúncios

Sofia Cerveira – um pedacinho de Lisboa aqui no coração

Sem querer, num belo dia de sol, num belo lugar… não me lembro mais nem onde, nem porquê …

… porque onde e porquê tem horas que tanto faz …

… Me apareceu um anjo.

… Ora com sotaque lusitano … ora com impecável dicção do português falado no Brasil …

… Num Rio de Janeiro de mar, montanhas e luz … só podia ter vindo do céu.

E um bem-querer veio se instando com força, que de tanta, fez gerar uma amizade de grandes dimensões, que surportou a imensidão de um oceano, as imposições da distância e o girar das duas vidas.

Porque as vidas giraram muito.

Mas mesmo assim, a força do coração não desiste.

Num belo dia de sol, de não sei onde, nem porquê, apareceu um anjo que me levou um pedacinho do coração para “além-mar” … mas me deixou um pedacinho de Lisboa…

Aqui pra mim.

Ela é Sofia, minha irmã, uma simples menina, com alma de oceano! Alma de anjo!

Um brilho anônimo no show de Beyoncé.

Depois de passar semanas na fila para ver o tão esperado show de Beyoncé, uma multidão de fãs da cantora, já dentro do estádio do Morumbi, em São Paulo, teve de enfrentar uma torrencial chuva de granizo, o que fez com que muitos pensassem em desistir.

Em meio à lágrimas e correria, surge a figura da esperança, da perseverança, da resistência.

Para provar que “somos brasileiros e não desistimos nunca”!

A esse brilho anônimo eu peço palmas…

Quem quiser aprender… …