#forever, Amor, bem-querer, crônica, de todo coração, momentos, realidade, reflexão, Sandra Barbosa de Oliveira 2

O fechamento de um ciclo …

Quase noite … momento crepuscular, beirando à tristeza.

Parto em sentido ao que fora em outros tempos: a casa. O sol já se pôs. Junto com sonhos, esperanças, lembranças simples do cotidiano…

Chego ainda assim com um querer profundo de encontrar-me ali. Mas não me encontro, o que encontro são escombros de casa e escombros de mim.

Vago pelas ruas a procurar flores, perfumes, o cheiro do mato misturado ao cheiro do mar, a vida selvagem, as pedras nas calçadas, as pedras na minha vida, minhas dores.

O céu vai betumizando, minha alma se perdendo em coisas que perdi, nas que achei, em tudo que aprendi ali, olhando para as sombras e para as luzes da montanha em movimento, embora estática … um quadro vivo avistado de minha cama.

Paro pra pensar na sordidez do destino. Mas que, no final das contas, acaba sempre tornando, em meio a lama e degradação, a nova semente num belíssimo Jasmim.

Anúncios

Um comentário sobre “O fechamento de um ciclo …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s