Sandra Barbosa de Oliveira 2

Há Paz!

Há tempos em que o coração se aquieta, fica lento, parece que parou de repente feito o vento em tardes de verão.

Não abana uma folha, nenhuma flor se move. O tempo adormece, sereno… é quando, como o sol nascendo no horizonte, um sorriso terno vem se abrindo em uma face.

Momento raro. Onde só a tranquilidade de uma manhã ainda morna, reflete à contra-luz, para que dourado aos cachos, os cabelos quietos adornem esse rosto que se ilumina por quanto há paz!

Bom dia com alegria.

Anúncios

3 comentários sobre “Há Paz!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s