Sandra Barbosa de Oliveira 2

Uma estrada

Eu sinto por você um amor diferente.
É um amor antigo. Um amor que parece fome.
Eu sinto por você um amor igualzinho ao arco-íris
que correu o meu céu assim que eu avistei a cidade,
depois daquela chuva toda que pegamos no caminho.
Você me trazendo pela mão, eu com medo, muito medo,
assim, como lá no começo.
Sei que agora está voltando pela mesma estrada
Mas acho que a chuva já parou.
Você irá olhando as flores do caminho
e se lembrará de mim.
E se sentirá sozinho, bem como lá no começo,
quando alçou voo para as novas aventuras.
Lembra que eu chorei?
Mas a vida foi boa pra gente e nos deu um reencontro
e eu só quero agradecer
por você ter olhado pra mim esse tempo todo,
por ter segurado a minha mão.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s