O tempo

Quantas e quantas vezes a gente se enrosca em lembranças e sonhos e insert de imagens pairadas em nossas cabeças mas sempre faltando um pedaço? Quantas vezes elas são fantasias, quantas são realidade? Quantas vezes sucumbimos ao tempo e nos sugerimos não olhar para trás, para não tomarmos consciência do que deixamos passar? Pois sim, é quando um amadurecer precoce nos faz obrigados a deixar escapar um pedacinho do tempo… sabe aquela pecinha que fica faltando no quebra-cabeças mas que a gente só se dá conta quando o termina de montar? … essa é a peça que o tempo nos prega!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s