Sandra Barbosa de Oliveira

Sofia Cerveira – um pedacinho de Lisboa aqui no coração

Sem querer, num belo dia de sol, num belo lugar… não me lembro mais nem onde, nem porquê …

… porque onde e porquê tem horas que tanto faz …

… Me apareceu um anjo.

… Ora com sotaque lusitano … ora com impecável dicção do português falado no Brasil … Num Rio de Janeiro de mar, montanhas e luz … só podia ter vindo do céu.

E um bem-querer veio se instando com força, que de tanta, fez gerar uma amizade de grandes dimensões, que surportou a imensidão de um oceano, as imposições da distância e o girar das duas vidas.

Porque as vidas giraram muito.

Mas mesmo assim, a força do coração não desiste.

Num belo dia de sol, de não sei onde, nem porquê, apareceu um anjo que me levou um pedacinho do coração para “além-mar” … mas me deixou um pedacinho de Lisboa…

Aqui pra mim.

Ela é Sofia, uma simples menina, com alma de oceanco! Alma de anjo!

*

IMG_20170705_043043_298

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Sofia Cerveira – um pedacinho de Lisboa aqui no coração

  1. Ainda restam mudanças decimais
    Muito perder-se e encontrar-se
    Nessas sempre novas origens
    Nada foi em vão

    Tanto peso deixado no caminho
    Sendo mais facil levar a si mesma
    E seus olhos… cada vez mais sensíveis
    Ao ponto de perceber a sabedoria de Sofia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s