#forever, Ajuda, amigas para sempre, Ciências Sociais, comportamento, crônica, dia-a-dia, momentos, Movimento, Opinião, realidade, reflexão, Sandra Barbosa de Oliveira 2

Rompendo tabus … com Isabel Dias

Quando o assunto é erotismo, muita gente aplaude a literatura apresentada em livros como “Cinquenta tons de cinza”, transformando esse instrumento de opressão em best-seller internacional.
Hollywood também aposta nessa opressão porque sabe que é o idealismo machista que patrocina a exploração de conteúdos onde a mulher é alvo de violência e desrespeito, trazendo milhões de dólares aos cofres da indústria de produções.
Mas quando do tema se faz a abordagem da libertação feminina, onde é a mulher quem resolve mostrar a igualdade de poderes; que o virtuosismo em nada está implícito na castidade; e que, depois de uma longa trajetória de sofrimento, em que sempre impera a traição, a deslealdade, todo tipo de violência psicológica e humilhação por parte de seus próprios companheiros de jornada; o que temos (claro que não em termos gerais), é julgamento, preconceito e discriminação por parte de um tribunal trans-vestido em hipocrisia, dos setores desta sociedade que se diz moderna (no sentido coloquial da palavra) e libertária, mas que no fundo está imersa num conservadorismo provinciano, há dezenas de gerações.
Será que a mulher está despreparada para a felicidade?
Digo tudo isso para introduzir opinião ao livro que acabo de ler.
A autora, minha amiga, se desnuda diante do leitor sem pudores, ao descrever os casos que teve, durante um período de dois anos e meio… com cada um dos 32 homens que conheceu através de um site de relacionamentos, depois de um trágico e complicado processo de divórcio, impulsionada pela raiva e pelo desejo de dar o troco à traição do marido, ao descobrir que ele tinha quatro amantes.
“32 – um homem para cada ano que passei com você” é um livro que lava a alma de todas nós mulheres, que experimentamos a dor de sermos traídas, humilhadas e psicologicamente violentadas por esses homens com quem nos dispusemos a compartilhar a vida, onde acreditávamos viver nossa grande história de amor, com quem nos sentíamos seguras e acalentadas. Com quem tivemos nossos filhos, a quem tivemos dedicados nossos melhores anos, nossa lealdade, nossa beleza vigorosa e nossa juventude.
Isabel Regina Dias é uma mulher de coragem, que não demonstrou ter pudor algum ao denunciar publicamente sua decepção em relação ao homem com quem imaginava envelhecer; a depressão que quase a matou e as descobertas que fez acerca de si mesma; ao se propor, com a aceitação e apoio dos filhos, a essa busca implacável pela mulher que nem sequer sabia haver dentro de si.
Parabéns, Regina, minha amiga… estou aqui pra dizer que você me representa! …
*
Com prefácio de Xico Sá … 215 páginas de muita diversão e reflexão.

Anúncios
amigas para sempre, crônica, momentos, outros autores, reflexão

Feliz por nada

Martha Medeiros

Confira a coluna da escritora publicada no Zero Hora

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Geralmente, quando uma pessoa exclama Estou tão feliz!, é porque engatou um novo amor, conseguiu uma promoção, ganhou uma bolsa de estudos, perdeu os quilos que precisava ou algo do tipo. Há sempre um porquê. Eu costumo torcer para que essa felicidade dure um bom tempo, mas sei que as novidades envelhecem e que não é seguro se sentir feliz apenas por atingimento de metas. Muito melhor é ser feliz por nada.

Digamos: feliz porque maio recém começou e temos longos oito meses para fazer de 2010 um ano memorável. Feliz por estar com as dívidas pagas. Feliz porque alguém o elogiou. Feliz porque existe uma perspectiva de viagem daqui a alguns meses. Feliz porque você não magoou ninguém hoje. Feliz porque daqui a pouco será hora de dormir e não há lugar no mundo mais acolhedor do que sua cama.

Esquece. Mesmo sendo motivos prosaicos, isso ainda é ser feliz por muito.

Feliz por nada, nada mesmo?

Talvez passe pela total despreocupação com essa busca. Essa tal de felicidade inferniza. “Faça isso, faça aquilo”. A troco? Quem garante que todos chegam lá pelo mesmo caminho?

Particularmente, gosto de quem tem compromisso com a alegria, que procura relativizar as chatices diárias e se concentrar no que importa pra valer, e assim alivia o seu cotidiano e não atormenta o dos outros. Mas não estando alegre, é possível ser feliz também. Não estando “realizado”, também. Estando triste, felicíssimo igual. Porque felicidade é calma. Consciência. É ter talento para aturar o inevitável, é tirar algum proveito do imprevisto, é ficar debochadamente assombrado consigo próprio: como é que eu me meti nessa, como é que foi acontecer comigo? Pois é, são os efeitos colaterais de se estar vivo.

Benditos os que conseguem se deixar em paz. Os que não se cobram por não terem cumprido suas resoluções, que não se culpam por terem falhado, não se torturam por terem sido contraditórios, não se punem por não terem sido perfeitos. Apenas fazem o melhor que podem.

Se é para ser mestre em alguma coisa, então que sejamos mestres em nos libertar da patrulha do pensamento. De querer se adequar à sociedade e ao mesmo tempo ser livre. Adequação e liberdade simultaneamente? É uma senhora ambição. Demanda a energia de uma usina. Para que se consumir tanto?

A vida não é um questionário de Proust. Você não precisa ter que responder ao mundo quais são suas qualidades, sua cor preferida, seu prato favorito, que bicho seria. Que mania de se autoconhecer. Chega de se autoconhecer. Você é o que é, um imperfeito bem-intencionado e que muda de opinião sem a menor culpa.

Ser feliz por nada talvez seja isso.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Por indicação de Deborah Fraguito (uma amiga real do mundo virtual) …

Ajuda, amigas para sempre, Amor, bem-querer, cidadania, de todo coração, Saúde, Sandra Barbosa de Oliveira 2, solidariedade, verdadeiro amor

O caso de meu querido Lucas

O menino Lucas em dia de Graças por sua recuperação. Já está indo para a escola sem problemas de adaptação. Deus é grande !!! …

Não encontro palavras para agradecer tanto carinho!
Posso dizer: Deus existe, e somos prova da sua existência!
LUCAS está vivo!!!
Depois de enfrentar uma luta travada naquele hospital,
vejo a recompensa diante dos meus olhos, meu filho.

Sula ( sulandejesousa@hotmail.com )

É isso … Lucas sobreviveu e está sorrindo ao lado do amor de sua família. Agradeço a Deus, porque Lucas é um milagre !!!

Sandra.
………………………………………………
Urgente: um pedido de socorro …

Lucas, filho de minha querida Sulinha, assistente doméstica em minha casa durante anos no Rio de Janeiro, sofreu um grave acidente de moto junto com o pai, em Recife, onde a família reside atualmente, e perdeu as duas perninhas. Está se recuperando do coma induzido.

Lucas, deve estar hoje com 10 aninhos. Menino esperto, super ativo, Lucas caiu. Seu pai teve fratura exposta e está se recuperando com muitos ferros atravessados nas pernas, não poderá trabalhar … não sabemos por quanto tempo.

Minha querida Sula precisa de ajuda. Quero ajudar Lucas em sua reabilitação mas não sei por onde começar. Preciso de pernas mecânicas, estou desesperada.

Preciso ajudar Lucas … me ajudem !!!

05/08/2010

****************

Agradeço desde já

Quero agradecer desde já todas essas manifestações de carinho e solidariedade em relação ao meu apelo de socorro ao querido menino Lucas.

Ele está internado na UTI do Hospital da Restauração, em Recife, e seu estado é muito grave. Estou correndo atrás de reabilitação para não perder um segundinho deste tempo tão precioso neste momento.

Mas Lucas ainda corre risco de vida. Sula, minha querida quase filha, não está pedindo ajuda em dinheiro e sim em orações.

Agradeço a todos … do fundo do meu coração !!! Que Deus abençoe …
10/08/2010

*************************

Notícias de meu querido Lucas

Queridos amigos:

Agradeço mais uma vez o carinho e a solidariedade de todos e aproveito a oportunidade para informar que o estado de saúde do menino Lucas é muitíssimo grave, ele ainda está sendo mantido em coma induzido e respirando por aparelhos, após acidente de moto sofrido junto com o pai, no final do mês de julho, mas vem respondendo, só Deus sabe como, com muita força ao tratamento aplicado no Hospital da Restauração, na cidade do Recife.
Lucas está com 9 anos e perdeu as duas perninhas na altura superior do fêmur e trava uma luta pela vida há quase um mês.

Minha querida Sula, mãe de Lucas, agradece a todos pelas orações. Estamos rezando muito por sua recuperação para podermos dar início ao processo de reabilitação. Que Deus nos permita ajudar Lucas.

Abraço a todos …

21/08/2010

*********************

Notícias de meu querido Lucas 2

Ontem recebi uma ligação de minha querida Sula. Finalmente Lucas está respirando sozinho. Não corre mais risco de vida.

Ninguém pensa, em seu dia-a-dia, que um dia precisará rezar para seu filho respirar…

Com seus 28 anos de vida, Sula tem um “Deus” dentro de si que nos faz acreditar no “Ser Supremo” … nos faz acreditar fielmente que “tudo podemos Naquele que nos fortalece” !!!

E ela, como ninguém, pode tudo. Deus a está fortalecendo incrivelmente como num milagre.

Seu filho sofreu um acidente de moto com o pai e foi atropelado na sequência … perdeu as duas perninhas. Ele tem apenas 9 anos.

A família não parou pra pensar que precisaram fechar a lanchonete de onde tiravam o sustento.

Ainda não pensaram que o marido, também bastante machucado no acidente, está sem poder trabalhar.

Só conseguem pensar na recuperação de Lucas que está internado na UTI do Hospital da Restauração, na cidade do Recife.

*

Sula trabalhou em minha casa desde a primeira semana quando chegou ao Rio de Janeiro, e foi morar no “Alemão”, com o marido e seus dois filhos ainda bem pequenos.

Cuidou de minha família com maestria …

Passei anos tentando convencê-la de que ali não era um bom lugar para criar os filhos.
O tráfico de drogas sempre dominou o local.

Às vezes, não podia sair para o trabalho por causa de “trocas-de-tiros”. Meu medo eram as “balas perdidas”.

Nós tínhamos um sonho em comum: Que voltasse à escola para terminar o último ano do ensino médio e que, junto ao marido, pudesse ingressar na Universidade.

*

Em julho do ano passado Sula veio me visitar, na Praia da Macumba, feliz da vida porque finalmente voltariam pro Recife para viver perto da família. Ela e o marido já haviam comprado casa, estavam estabelecidos e felizes.

Chegaram em Pernambuco, montaram uma lanchonete e matricularam os filhos em escola particular. Lucas estava feliz porque “a escola era cheia de livros” …

Um ano depois, o menino está deixando o coma, respirando sem aparelhos, depois de ter tido uma parada cardíaca de 16 minutos, ao dar entrada no hospital há 50 dias.

Ele dá sinais de que não terá sequelas neurológicas e de que é, sem dúvida, o menino mais forte e corajoso de que eu já tive notícias.

Minha Sula também. A mulher que fala com Deus !!!

Agora, partimos para a segunda etapa. Ainda não é hora das pernas mecânicas mas preciso de uma cadeira de rodas que seja exatamente adaptada ao tamanho do menino.

Gostaria de saber onde encontrar e como fazer para que tenhamos uma reabilitação de “excelência” … Lucas já está ciente do tamanho do problema e toma anti-depressivos.

* * *

Ajudem a ajudar!

Agradeço desde já … Que o Deus da Sula abençoe a todos, porque Ele é O mais Poderoso !!!

Minha Sula merece … e o seu Lucas, também.

Grande abraço.

05/09/2010

********************

O caso do menino Lucas 3 …

Queria trocar uma idéia sobre o caso do menino Lucas.

Ele está se recuperando super bem e os pais entrarão com pedido de cadeira de rodas pela AACD do Recife, na próxima segunda-feira, por indicação do Hospital da Restauração da cidade do Recife …

Mas parece haver uma burocracia que poderá causar certa demora.

A médica que cuida do caso informou que se a AACD não tiver recursos para reabilitá-lo, ele será encaminhado para o Sarah de Brasília, mas que esse processo deverá levar mais de um ano, para que Lucas esteja pronto para receber as próteses.

“O que precisamos para agora é a cadeira”, diz Sula.

Vamos precisar tentar agilizar o processo na AACD, para que a demora não traga transtornos psicológicos ao menino.

Ele deverá deixar o hospital em 15 dias, não podemos permitir que chegue em casa sem se locomover …

Se souberem de algo que eu possa fazer pra agilizar o processo, agradeço desde já a atenção …

01/10/2010

********************

Meu querido Lucas 4

Sob o mais fervoroso amor, aquele, incondicional, é que estou aqui pra dizer que Lucas e Sula venceram.

O menino está em casa, aguardando uma nova cirurgia plática para recuperção da pele, mas está bem, emocionalmente estável, sem sequelas neurológicas apesar de seus 16 minutos em parada cardio-respiratória e quase dois meses em coma induzido.

Lucas sofreu acidente de moto com o pai, no final do mês de julho, no Recife e está sendo preparado para reabilitação na AACD, meu desejo é que Deus os guarde e continue a iluminar seus caminhos !!!

Para minha querida filha Sula, que tanto me apoiou e socorreu em meus momentos difícieis, eu dedico esse amor … meu coração para sempre !!!

27/10/2010